retornar

Catedral Basílica de Salvador (Salvador, BA)


Outros Nomes:Igreja Catedral Basílica do Salvador; Igreja dos Jesuítas; Igreja do Colégio de Jesus


Descrição:A atual Catedral é a quarta igreja e último remanescente do conjunto arquitetônico do Colégio de Jesus. Sua planta é típica das igrejas luso-brasileiras, sendo construída sob projeto do irmão Francisco Dias, chegado à Bahia em 1577 para construir o Colégio. Segundo o projeto, a igreja estaria no eixo do conjunto, ladeada por dois corpos que se organizariam a partir de um pátio. A planta da Catedral apresenta um transepto inscrito no retângulo da edificação e capelas laterais interligadas com tribunas superpostas. A capela-mor é ladeada por duas capelas e corredores que dão acesso à sacristia transversal. Sua fachada, em lioz, procura conciliar o tradicional modelo português, com duas torres e a nova fachada jesuítica com volutas e sem torres, proposta por Vignola. Destacam-se no seu interior, a sacristia, os retábulos de diferentes períodos nas capelas e o forro em caixotão da nave. Quanto ao antigo colégio, um dos pátios é destruído pelo fogo em 1801; instalando-se em 1808, o Real Hospital na ala que restara. Novo incêndio, em 1905, consome o edifício que é reerguido em estilo eclético para abrigar a Faculdade de Medicina da Bahia, a primeira do país, aí instalada desde 1833.


Uso Atual:Museu da Arquidiocese de Salvador


Endereço: Praça Quinze de Novembro, s/n, Terreiro de Jesus - Salvador - BA

Livro de Belas Artes
Inscrição:077 Data:25-5-1938
     
 

Nº Processo:0084-T-38


Observações:O tombamento inclui todo o seu acervo, de acordo com a Resolução do Conselho Consultivo da SPHAN, de 13/08/85, referente ao Processo Administrativo nº 13/85/SPHAN.