Principal » IPHAN » Museus e Casas Históricas » Museus Regionais » Museu da Abolição
- A +
Museu da Abolição
Museu da Abolicao-Sobrado Grande de Madalena de Recife v. da fachada frontal - Crédito: Luiz Santos - Reflexo

Endereço: Rua Benfica, 1150, Bairro da Madalena, Recife/PE
Telefone/Fax: 3228-3011 / 3228-3496
Endereço eletrônico: mab.5sr@iphan.gov.br

Criado durante o governo de Juscelino Kubitschek em 1957, num período significativo para o desenvolvimento do Brasil República, o Museu da Abolição foi inaugurado apenas em 1983, 26 anos depois. Foi instalado no sobrado grande da Madalena, que pertenceu à família do Conselheiro João Alfredo, chefe do Gabinete Abolicionista. O Museu da Abolição – Centro de Referência da Cultura Afro-brasileira, está vinculado à 5ª Superintendência Regional.

Fechado de 1990 a 1996 reabriu suas portas com uma nova concepção museológica devido as características específicas do Museu. Com o propósito de ressaltar a importância do passado, há a preocupação de debater temas como escravidão, abolição, racismo, exclusão, violências, diversidades culturais e identidade brasileira.

O museu dispõe de uma sala de exposição permanente, denominada “Memorial”, onde estão expostas 39 peças do cotidiano dos senhores e dos escravos, possibilitando ao visitante um encontro com símbolos do processo de formação da cultura brasileira; salas de exposições temporárias, destinadas à divulgação da temática afro-brasileira e de expressões contemporâneas, permitindo uma maior identificação desta cultura, no Brasil e no mundo; mini-auditório para a realização de seminários, cursos, palestras e debates, lançamentos de livros, apresentação de vídeos educacionais para escolas, e outros eventos.

O museu também oferece atendimento monitorado para visitas agendadas por escolas e universidades, bem como para o público visitante em geral, área externa com anfiteatro e jardins que viabilizam o desenvolvimento de atividades como oficinas, cursos, apresentações de grupos de dança, música, teatro entre outras expressões da cultura afro-brasileira. É nessa área que é realizado o projeto Domingo na Madalena, Feira Multicultural de artesanatos, culinária, expressões artísticas, recreação infantil, oficinas de percussão e capoeira, acontecendo todo primeiro domingo do mês e aberto ao público.

Horário de visitação

Segunda a Sexta, 9h às 12h e 14h às 17h - Entrada Gratuita
Atendimento a escolas com agendamento prévio.


Saiba Mais
Agenda
Bancos de Dados
Bibliotecas do IPHAN
Blogs do IPHAN
Cadastro Nacional de Negociantes de Antiguidades e Obras de Arte
Concurso IPHAN
Editais e Seleções
Legislação
Links Patrimônio Cultural
Notícias
Perguntas Frequentes
Sistema Nacional do
Patrimônio Cultural
Transparência Pública
Redes Sociais